Quarta depressão tropical da temporada se forma no Oceano Atlântico

Miami (EUA), 6 jul (EFE).- A quarta depressão tropical da temporada de furacões no Atlântico se formou nesta quinta-feira em águas abertas, embora os especialistas não esperem que derive em tempestades, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, por sua sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Em seu boletim mais recente, o NHC indicou que a depressão tropical está a 1.435 milhas (mais de 2 mil km) ao leste das Pequenas Antilhas e apresenta ventos máximos sustentados de 30 milhas por hora (45 km/h).

A depressão se desloca rapidamente para norte-noroeste com uma velocidade de translação de 28 km/h.

"Esperamos poucas mudanças de intensidade dos ventos durante as próximas 48 horas, e atualmente não esperamos que se transforme em uma tempestade", apontaram os cientistas do NHC, com sede em Miami.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos (NOAA, por sua sigla em inglês) anunciou em 25 de maio que é prevista uma temporada de furacões no Atlântico com registros "acima do normal, com a formação de 11 a 17 tempestades tropicais, das quais entre 5 e 9 se transformariam em furacões e entre 2 e 4 seriam de categoria maior".

A primeira tempestade tropical de 2017 foi Arlene, que se formou em abril no Atlântico, mais de um mês antes do início da temporada, seguida por Bret e Cindy.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos