Sobe para 22 o número de mortos no Japão pelas fortes chuvas

Tóquio, 10 jul (EFE).- O número de mortos pelas chuvas torrenciais que castigam desde a semana passada a ilha japonesa de Kyushu (sudoeste) subiu para 22 nesta segunda-feira, enquanto continuam os trabalhos de busca por pelo menos 20 pessoas desaparecidas.

A Agência Meteorológica do Japão (JMA) manteve ativo nesta segunda-feira o alerta na região, onde nesta noite são esperadas outras chuvas intensas nas prefeituras de Fukuoka e Oita, as mais afetadas pelas precipitações torrenciais nos últimos dias.

Cerca de 1,8 mil pessoas foram evacuadas hoje em Fukuoka e Oita para garantir segurança, informou NHK.

Desde quarta-feira passada, está sendo realizada a evacuação de cerca de 500 mil pessoas, enquanto mais de mil foram resgatadas após ficar isoladas.

O número de mortos por causa das inundações e deslizamentos provocados pelas intensas chuvas que começaram na semana passada já chegou a 22, segundo precisou a cadeia de radiotelevisão pública japonesa.

Membros das Forças de Autodefesa (Exército) e bombeiros continuam buscando mais de 20 pessoas declaradas desaparecidas.

As autoridades japonesas qualificou as chuvas torrenciais dos últimos dias como um dos maiores desastres naturais no país nas últimas décadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos