"Hilary" atinge categoria 2 e promove tempestades no oeste do México

México, 25 jul (EFE).- O furacão Hilary, que na segunda-feira se formou nas águas do Pacífico, aumentou a força dos seus ventos e alcançou a categoria 2 na escala Saffir-Simpson, informou o Serviço Meteorológico Nacional (SMN), advertindo sobre as tempestades nos estados do oeste e sudoeste do México.

O fenômeno, que se desloca com direção oeste-noroeste a 15 km/h, se encontra esta noite a 470 km ao sul-sudoeste de Manzanillo, no estado de Colima, e a 980 quilômetros ao sul-sudeste Cabo San Lucas.

Hilary desenvolve ventos sustentados de 155 km/h e sequências de até 195 km/h, afirmou o SMN, em seu último relatório.

A instituição indicou que os deslocamentos das nuvens de meteoritos favorecem potencial de tempestades muito fortes de (75 a 150 milímetros) em Michoacán e (50 a 75 milímetros) em Jalisco, Colima e Guerrero.

Além disso, indicou a previsão de ondas altas de 2,5 a 3,5 metros sobre as costas de Jalisco, Colima, Michoacán e Guerrero.

Por isso, o SMN recomendou que a população geral e a Marinha tenham extrema precauções com as chuvas, vento e ondas e atender as recomendações emitidas pelas autoridades do Sistema Nacional de Proteção Civil em cada entidade.

De acordo com o prognóstico, o "Hilary" ficará nesta terça-feira às 19h (horário local, 21h de Brasília) a 560 quilômetros do sudoeste de Praia Perula, em Jalisco, e a 595 quilômetros ao oeste-sudoeste de Manzanillo, em Colima, como furacão de categoria 3.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos