Três astronautas da ISS retornam à Terra a bordo da nave Soyuz

Washington, 2 set (EFE).- Três astronautas que estavam na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), dois americanos e um russo, retornaram neste sábado à Terra a bordo da nave Soyuz, que aterrissou no horário previsto no Cazaquistão.

O astronauta russo Fiodor Yurchijin e os americanos Jack Fischer e Peggy Whitson, membros da expedição número 52 à ISS, aterrissaram no Cazaquistão às 21h21 (horário local do leste dos EUA, 22h21 em Brasília), alguns segundos antes do previsto.

Minutos após a aterrissagem da Soyuz, os três astronautas foram submetidos a exames médicos rotineiros e foram vistos sorridentes e tranquilos em imagens divulgadas no portal da Nasa, que transmitiu ao vivo a última parte do voo e a chegada.

Yurchijin e Fischer, na ISS desde abril, completaram 136 dias no espaço e, no caso do russo, o seu total acumulado de 673 dias o transforma o sétimo astronauta que mais tempo passou fora do planeta na história.

Quanto a Whitson, após ter iniciado em novembro esta última expedição à ISS, completou um total de 665 dias no espaço, mais do que qualquer outro astronauta americano.

Após o retorno à Terra de Yurchijin, Fischer e Whitson, na ISS continuam o cosmonauta russo Serguei Riazanski, o americano Randolph Bresnik e o italiano Paolo Nespoli.

A ISS é um projeto de mais de US$ 150 bilhões do qual participam 16 países. Ela é integrada atualmente por 14 módulos permanentes e orbita a uma velocidade de mais de 27 mil km/h a uma distância de 400 quilômetros da Terra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos