Max se degrada a tempestade tropical e causa ventos fortes no sul do México

Cidade do México, 14 set (EFE).- O furacão Max se degradou na quinta-feira a tempestade tropical após tocar a terra no estado de Guerrero, no México, causando chuvas torrenciais, assim como ventos fortes e ondas, no sul e sudoeste do país, informou o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

Em seu relatório mais recente, o SMN indicou que Max se desloca para o leste a 13km/h sobre o município de San Luis Acatlán, em Guerrero.

"Seu circulação causa chuvas intensas, ventos fortes e ondas elevadas em Guerrero, Oaxaca e Michoacán", diz.

O meteoro fica a 130 quilômetros ao leste de Acapulco, Guerrero, de onde se estende a zona de vigilância estabelecida pelo SMN até Laguna de Chacahua, em Oaxaca.

O Max gera ventos sustentados de 110km/h e sequências de até 140, de acordo com a instituição, que previu para as próximas horas tempestades intensas (150 a 250 milímetros) em Guerrero, chuvas fortes (75 a 150 milímetros) em Oaxaca, e em Michoacán.

Por isso, o SMN aconselhou que a população tome precauções por causa das chuvas, dos ventos e das ondas, respeitando as recomendações divulgadas pelo Sistema Nacional de Proteção Civil.

O furacão, que se formou quarta-feira no Pacífico, é o 13º da temporada.

O último deles, Lidia, castigou a região da Baixa Califórnia no início do mês, deixando sete mortos, e provocando inundações e muitos danos em infraestruturas, a mesma região para onde se dirige a tempestade Norma, que se formou nesta quinta, no Pacífico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos