Furacão Lee e tempestade tropical Maria se debilitam no Atlântico

Miami (EUA), 29 set (EFE).- O furacão Lee, de categoria 1, e a tempestade tropical Maria perderam força nas últimas horas enquanto se dirigem para o leste em águas abertas do Atlântico, informou nesta sexta-feira o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Em um boletim divulgado às 8h local (9h, em Brasília), os especialistas do NHC indicaram que Lee se enfraqueceu durante a madrugada e tem agora ventos máximos sustentados de 75 milhas por hora (120 km/h).

Este ciclone, que chegou a ser o quinto furacão de maior força da temporada, se move com rapidez, 25 milhas por hora (41 km/h), para o nordeste e se mantém afastado de zonas habitadas.

Os meteorologistas preveem que seguirá assim até que se degrade para tempestade tropical ao longo do dia de hoje e se dissipe no sábado.

Maria, que na passada semana atingiu a ilha de Dominica como um furacão com categoria 5 na escala Saffir-Simpson (a máxima) e Porto Rico com categoria 4, onde deixou um saldou oficial de 16 vítimas mortais, apresenta hoje ventos de 60 milhas por hora (95 km/h).

Da mesma forma que Lee, esta tempestade tropical se move a grande velocidade, 21 milhas por hora (33 km/h), deve perder força mais lentamente e seus efeitos podem chegar a ser notados na Irlanda no início da próxima semana após cruzar o Atlântico.

Maria, que se encontra a 510 milhas (825 km) ao sul de Halifax (Canadá), pode mudar de direção e no sábado se degradar ainda mais quando já estiver em águas do norte do Oceano Atlântico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos