Governador declara estado de emergência em parte da Flórida devido a Nate

Miami, 5 out (EFE).- O governador da Flórida, Rick Scott, declarou nesta quinta-feira estado de emergência em 29 dos 67 condados diante da possível chegada da tempestade tropical Nate durante o fim de semana.

A medida pretende garantir que os governos locais tenham tempo, recursos e flexibilidade para se preparar para esta tempestade e não sejam impedidos ou sofram atrasos para tomar as ações necessárias para manter as comunidades seguras, indicou um comunicado do governo.

A tempestade tropical Nate alcançou nesta quinta-feira a costa da Nicarágua e castiga com fortes chuvas boa parte da América Central, onde já provocou as primeiras mortes.

"A tempestade tropical Nate se dirige ao norte para o nosso estado e a Flórida deve estar preparada", ressaltou o governador.

De acordo com o último boletim do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos, o olho do ciclone está sobre o nordeste da Nicarágua, 80 km ao noroeste de Puerto Cabezas e 80 km ao sudoeste de Puerto Lempira, em Honduras.

Scott apontou que o prognóstico atual "tem o centro da tempestade ao oeste da Flórida", segundo as informações da Divisão de Gestão de Emergências.

O estado de emergência permite aos funcionários de gestão de emergências agir com rapidez no melhor interesse dos cidadãos.

Nate tem ventos máximos sustentados de 65 quilômetros por hora, com sequências de maior intensidade, segundo o NHC.

A 15ª tempestade tropical da temporada de furacões na bacia do Atlântico norte se move a 15 hm/h em direção ao noroeste e deve aumentar sua velocidade de translação nas próximas horas.

Nate cruzará o nordeste da Nicarágua e o leste de Honduras nas próximas horas para passar novamente pelo mar o Caribe, onde pode se fortalecer, e se dirigir posteriormente para a Península de Yucatán (México), onde pode chegar nesta sexta-feira.

Os meteorologistas preveem que a tempestade tropical voltará a ganhar força nas águas do Caribe antes de chegar ao México e, após sair do golfo, pode se transformar em furacão horas antes de alcançar o litoral dos EUA, onde poderia tocar terra em Luisiana, Mississipi, Alabama ou no extremo nordeste da Flórida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos