Hong Kong e Macau estão em alerta por causa do tufão Khanum

Pequim, 15 out (EFE).- Hong Kong e Macau declararam neste domingo um alerta de nível 8 (em um máximo de dez) por causa da proximidade do tufão Khanum, que inclui restrições no tráfego aéreo, marítimo e terrestre.

Macau suspendeu todo o transporte marítimo e os ônibus públicos, enquanto que um total de 61 voos foram cancelados.

Além disso, as autoridades da ex-colônia portuguesa recomendaram a cidadãos e turistas que permaneçam no interior de casas e hotéis e estejam atentos a indícios de inundações causadas pelas fortes chuvas previstas.

Em Hong Kong, muitos dos voos com destino às ilhas que rodeiam a península de Kowloon foram suspensos, acontecendo o mesmo com os ônibus, anunciaram as autoridades.

No aeroporto foram anunciados alguns cancelamentos e atrasos, ainda que estejam previstos mais durante o curso do dia. Também foram suspensas todas as atividades escolares previstas para hoje.

O observatório meteorológico de Hong Kong recomendou à população que não pratique esportes aquáticos e não se aproxime do litoral, já que são esperadas algumas inundações devido às fortes chuvas e a maré mais alta do que o normal.

As autoridades chinesas emitiram um alerta laranja no sábado e ordenaram aos barcos que estejam nas regiões afetadas que não saiam do porto.

O Khanum tem ventos sustentados de cerca de 120 km/h com sequências de até 180 km/h, e está previsto que toque terra na manhã de segunda-feira na ilha chinesa de Hainan (sudeste).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos