Tempestade tropical Philippe se forma sobre o oeste de Cuba

Miami (EUA), 28 out (EFE).- A 18ª depressão tropical da atual temporada no Oceano Atlântico se intensificou neste sábado até se transformar na tempestade tropical Philippe, enquanto se desloca sobre o oeste de Cuba, onde está gerando intensas chuvas, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

A tempestade apresenta ventos máximos constantes de 65 km/h e está 30 quilômetros a sudoeste de Havana, que se encontra sob alerta de chuvas intensas e inundações, e 195 quilômetros ao sul-sudoeste de Key West, em Flórida Keys, nos EUA.

O ciclone se move rapidamente rumo ao norte a 46 km/h, num padrão de translação que deve se manter até a manhã de domingo, quando está previsto um giro para o nordeste, segundo o boletim do NHC emitido às 19h (de Brasília).

As autoridades de Cuba emitiram ontem um alerta antecipado para as regiões oeste e central, incluída a capital Havana, devido às intensas chuvas, ventos e inundações que serão causadas por este ciclone.

Em seu boletim, o NHC também emitiu um alerta de tempestade tropical (passagem do sistema em 24 horas) para a parte superior de Flórida Keys e de partes do sudeste deste estado dos EUA, onde as autoridades emitiram alertas para possíveis inundações e até tornados, assim como na parte central do arquipélago das Bahamas.

Em algumas partes de Cuba e das Bahamas são esperados até 200 milímetros de acúmulo de água pelas intensas chuvas, o que pode produzir perigosas inundações e deslizamentos de terra, enquanto nas áreas assinaladas da Flórida estão previstos até 100 milímetros de precipitações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos