Rússia diz que satélite lançado hoje de nova base não chegou a órbita

Moscou, 28 nov (EFE).- Um satélite da série Meteor-m lançado nesta terça-feira de Vostochni, a nova base russa no extremo leste da Rússia, não chegou à órbita prevista, informou a Roscosmos, a agência espacial nacional.

"A última etapa do foguete (...) com o bloco impulsor Fregat e o satélite Meteor-m chegou até a órbita intermédia, mas, mais tarde, não conseguiu estabelecer comunicação com o satélite porque não chegou à órbita planejada", afirmou um porta-voz da Roscosmos à imprensa local.

O lançamento do foguete Soyuz-2.1b com o Meteor-m, o segundo feito de Vostochni, inaugurado no ano passado, aconteceu às 8h41 (horário de Moscou, 3h41 em Brasília). Junto com o Meteor-m, o portador devia situar no espaço um total de 18 minisatélites.

O Vostochni, que fica perto da fronteira com a China, pode se transformar na plataforma de lançamento dos diferentes módulos do novo programa lunar russo, cujo objetivo é alcançar o satélite da Terra até 2029.

A base, com uma superfície de 700 quilômetros quadrados, foi construída para aliviar a carga de lançamentos que da base de Baikonur, no Cazaquistão, e garantir no futuro a independência da Rússia no cumprimento do seu programa espacial. Inicialmente, a inauguração estava prevista para o fim de 2015, mas teve que ser adiada para o ano seguinte por causa de atrasos nas obras, envolvidas em escândalos de desvio verbas e que obrigou a abertura de vários casos na Justiça.

A partir do ano que vem, a Roscosmos prevê fazer seis lançamentos por ano da base Vostochni.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos