Fundador do Alibaba diz ser possível acabar com notícias falsas na internet

Wuzhen (China), 4 dez (EFE).- O fundador do Alibaba, Jack Ma, afirmou nesta segunda-feira que é possível acabar com a divulgação de notícias falsas na internet graças às próprias ferramentas da rede que permitem seguir seu rastro, assim como se faz com falsificações.

"Tudo o que se faz no ciberespaço deixa um rastro e por isso podemos nos livrar das notícias falsas, porque tudo o que se diz (na rede) fica gravado", declarou Ma durante um fórum sobre responsabilidade social na Conferência Mundial sobre Internet realizada na cidade de Wuzhen, no leste da China.

Ma, presidente-executivo do Alibaba, gigante chinês do comércio eletrónico, lamentou que na rede existam "coberturas irracionais e sensacionalistas", e citou como exemplo as falsas notícias que circulam sobre ele ser dono de 20 mansões por toda a China.

Neste sentido, advertiu que "se há algo errado com a informação que você consome, haverá algo errado com seus valores pessoais".

Ma ressaltou que internet está ainda "na sua infância" e que "não sabemos o que acontecerá nos próximos 20 ou 30 anos" na rede, mas salientou que, da mesma forma que em 2017 o número de artigos falsos vendidos pela internet "caiu drasticamente", se pode conseguir o mesmo resultado com as notícias falsas.

"Da mesma maneira que foi possível controlar as falsificações se pode combater os rumores e as notícias falsas", comentou.

Por sua vez, o presidente da agência de notícias italiana "Ansa", Giuseppe Cerbone, descreveu no mesmo fórum o mecanismo criado por sua empresa para detectar e desprezar notícias falsas, graças a uma tecnologia baseada na inteligência artificial e combinada com ferramentas comerciais.

Esse sistema analisa parâmetros como a origem, o contexto, as imagens de acompanhamento e a velocidade de divulgação pelo ciberespaço, explicou.

Mesmo assim, frisou que "a responsabilidade final deve recair em uma pessoa", razão pela qual "tudo se resume em fazer bom jornalismo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos