Incêndio na Trump Tower deixa 5 pessoas feridas, 1 em estado grave

(atualiza número de feridos e acrescenta dados)

Nova York, 7 abr (EFE).- Uma pessoa ficou gravemente ferida e quatro bombeiros sofreram lesões leves após um incêndio neste sábado na Trump Tower de Nova York por motivos ainda desconhecidos, informaram fontes oficiais.

O comissário de bombeiros da cidade, Daniel Nigro, falou com os jornalistas que o ferido em estado grave é o ocupante do apartamento onde aconteceu o incêndio. Nigro não divulgou sua identidade nem detalhes sobre suas lesões.

Em declarações aos jornalistas, Nigro acrescentou que dois bombeiros tiveram queimaduras e outros dois lesões não especificadas, embora tenha detalhado que em nenhum dos casos os ferimentos põem suas vidas em risco.

A fonte disse que o alarme foi ativado por volta das 17h35 (horário local, 18h35 em Brasília) por causa de um fogo incêndio que começou em um "apartamento bastante grande" do 50º andar do edifício.

Participaram dos trabalhos de extinção do incêndio cerca de 200 homens, acrescentou o chefe de bombeiros.

O departamento de bombeiros divulgou fotos na qual se veem chamas saindo de quatro janelas do edifício.

O presidente dos EUA, Donald Trump, tuitou que o fogo já tinha sido controlado e que o local afetado foi "muito reduzido", dizendo que os bombeiros fizeram "um grande trabalho". O edifício não teve que ser evacuado.

A Trump Tower se encontra na Quinta Avenida de Nova York, perto do Central Park. Lá, Trump tinha sua residência e seus escritórios antes de chegar à Casa Branca, em janeiro de 2017.

Segundo Nigro, nenhum dos integrantes da família Trump encontravam-se no edifício.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos