Começa em Bonn primeira reunião preparatória para Cúpula do Clima da Polônia

Berlim, 30 abr (EFE).- Representantes de 186 países iniciaram nesta segunda-feira em Bonn (oeste da Alemanha) uma nova rodada de negociações para avançar nas linhas de implementação do Acordo de Paris contra a mudança climática, um passo fundamental para sua entrada em vigor em 2020.

O encontro, que se prolongará até 10 de maio, reuniu 4.119 analistas na sede da organização das Nações Unidas para Mudança Climática (UNCC), em uma reunião preparatória da Cúpula do Clima (COP24) que será realizada em Katowice (sul da Polônia) no final de ano.

"Para alcançar o êxito na COP24 é essencial que os países comecem a trabalhar para a elaboração de textos de negociação nesta reunião de maio", apontou em comunicado a secretária-executiva de UNCC, a mexicana Patricia Espinosa.

Na sua opinião, estas primeiras conversas "apresentarão uma fundação sólida ao trabalho na segunda parte de 2018 e ajudarão a obter um resultado contundente".

O roteiro internacional climático prevê que na reunião de Katowice seja lembrado como será implementado o Acordo de Paris na prática, com o alvo que a alta média das temperaturas não ultrapasse os dois graus centígrados com relação aos níveis pré-industriais.

Outro ponto importante desta rodada de negociações, explicou Espinosa, é a implementação do denominado "Diálogo de Talanoa", uma aposta de Fiji, país que presidiu a COP23 do ano passado, para favorecer que os países se mantenham envolvidos no processo.

Concretamente, procura a manutenção do compromisso, o acompanhamento dos avanços e que os países elevem progressivamente as metas de corte de emissões contaminantes de seus planos nacionais de luta contra a mudança climática (NDC).

Espinosa considerou que o "Diálogo de Talanoa" é uma "oportunidade chave" para avançar na luta contra o aquecimento global e pediu uma "ampla participação" nesta iniciativa.

Por último, a secretária-executiva do UNCC pediu aos países desenvolvidos que concretizem suas contribuições ao Fundo Verde do Clima, que deve contar com US$ 100 bilhões por ano a partir de 2020 para apoiar os países em desenvolvimento na sua luta contra a mudança climática.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos