Topo

Clique Ciência: Como substâncias retiram o mau cheiro de geladeiras?

Do UOL, em São Paulo

2013-07-23T06:00:00

23/07/2013 06h00

Quem já precisou combater o mau cheiro persistente de uma geladeira deve ter percebido que nem sempre aquela receitinha infalível da vovó funciona.

Antes que comece a culpar a sabedoria popular da sua avó pelo fedor, você precisa saber que a receita pode funcionar sim, mas só para alguns casos. E isso é uma questão de química. A nível molecular.

A maior parte do mau cheiro que surge na geladeira é provocada pela decomposição de comida - ou seja, de substâncias orgânicas, que geram gases orgânicos nada cheirosos. É por isso que o carvão vegetal ativo funciona na maioria dos casos: ele nada mais é do que madeira queimada até virar um pozinho feito apenas de carbono e depois tratada com oxigênio para abrir milhares de poros minúsculos entre os átomos de carbono.

Quando as moléculas do mau cheiro passam por esses poros minúsculos, elas são capturadas e dali não saem mais. Se a geladeira estiver muito fedorenta, será preciso trocar o potinho de carvão dentro de alguns dias, já que a maioria dos poros que ficam em contato com o ar do eletrodoméstico estarão cheios.

Outra substância que age da mesma maneira é o pó de café. Quanto mais fino é o pó, melhor: mais espaço ele terá para capturar o cheiro. E quanto maior for a superfície de contato com o ar da geladeira, mais cheiro ele vai capturar.

Só que carvão ativo e café são compostos orgânicos que têm afinidade com gases orgânicos. Ou seja, são ótimos para retirar cheiro de comida podre, por exemplo. Mas eles não funcionam quando o cheiro provém de algum composto que não seja biodegradável.

Para limpar a geladeira

Ácidos como vinagre e limão podem “quebrar” a estrutura de proteínas ou interagir com compostos básicos, e assim eliminar o cheiro que sai. Da mesma maneira, produtos com pHs básicos, como bicarbonato de sódio, podem interagir com o mau cheiro proveniente de algum ácido que está na geladeira.

O detergente ajuda a eliminar o odor porque suas moléculas que interagem com gordura e água ao mesmo tempo conseguem envolver a sujeira em microenvelopes solúveis em água. O álcool  pode não ser tão eficiente quanto detergente, mas ele também interage com outras substâncias impregnadas nas partes internas da geladeira. Depois de usar um dos produtos, a sujeira pode ser facilmente retirada com um pano.

É difícil saber que tipo de cheiro vem da sua geladeira. Na dúvida, vale a pena usar pelo menos dois recursos: detergente antes (limpe todas as partes internas da geladeira) e carvão ativado depois que tudo estiver limpo. Também valem as dicas: lave os produtos que acabaram de chegar do supermercado antes de colocá-los no refrigerador. Mantenha o eletrodoméstico sempre limpo e observe sempre a validade e o estado de conservação dos alimentos.

Consultoria: Maria Lucilia dos Santos, professora no Instituto de Química da Universidade de Brasília.

Mais Ciência e Saúde