Topo

Clique Ciência: Por que a gente chora ao descascar a cebola?

Do UOL, em São Paulo

2013-09-17T16:42:29

2013-09-17T21:00:45

17/09/2013 16h42Atualizada em 17/09/2013 21h00

Todo mundo já verteu lágrimas ao descascar e cortar uma cebola, mas por que isso acontece? A explicação é simples: compostos da cebola se misturam e produzem ácido sulfúrico, que faz os olhos arderem e lacrimejarem.

As cebolas (Allium cepa) contêm compostos de enxofre responsáveis pelo seu forte cheiro e também uma elevada concentração de aminoácidos, dentre as quais se destaca a cisteína (que contém enxofre). No entanto, cebola não tem cheiro se não for cortada e, quando isso ocorre, a ruptura das paredes celulares provoca o contato entre os aminoácidos e as enzimas presentes em outras células, o que dá início a uma diversidade de reações químicas que conduzem à formação de compostos de enxofre voláteis, como o disulfureto de alilopropila (C6H12S2).

Esta substância, muito volátil, chega rapidamente aos nossos olhos e entra em contacto com a água (lágrimas). Então, ocorre mais uma reação química que a transforma em ácido sulfúrico. Isso mesmo, em contato com os olhos ocorre formação de um ácido extremamente forte. Este é o motivo da ardência nos olhos, explica  Luiz Henrique Ferreira, professor de química da Ufscar (Universidade Federal de São Carlos).

Também ocorre outro fenômeno: a ação enzimática sobre os aminoácidos da própria cebola, quando cortada, origina a formação do óxido de tiopropionaldeído (C3H6OS) que é um agente lacrimejante e também responsável pela produção de lágrimas.

Para evitar a ardência e o chororô há vários truques como lavar a cebola, usar um palito de fósforo na boca ou picar a cebola embaixo d'água. O princípio de todas é o mesmo, evitar que o gás chegue aos olhos. Segundo o especialista, o fósforo não funciona, já que também tem enxofre. 

Assim, as dicas são:

1. Cortar cebola com ventilador ligado. Isso afasta de nossos olhos  as substâncias voláteis produzidas pela cebola;

2. Molhar as mãos antes de cortar a cebola. As substâncias encontrarão água antes de chegar aos olhos;

3. Mergulhar a cebola em água quente por pelo menos cinco minutos para desnaturar suas enzimas. O problema ocorre quando a cebola terá que ser utilizada em salada;

4. Pelo mesmo motivo, cortar cebola em água corrente. Esta é a melhor opção de todas!

Resposta fornecida por Luiz Henrique Ferreira, professor de química da Ufscar (Universidade Federal de São Carlos)

Mais Ciência e Saúde