Homo sapiens é mais evoluído que Neandertal? Talvez não

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Universidade de Montreal

    Ferramenta de osso descoberta em junho 2014 durante escavações na França

    Ferramenta de osso descoberta em junho 2014 durante escavações na França

Uma ferramenta de osso que data da era do homem de Neanderthal foi descoberta por pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, em um sítio arqueológico na França e colocou em cheque a nossa compreensão atual da evolução do comportamento humano.

"Esta é a primeira vez que uma ferramenta de osso com multifunções deste período foi descoberta. É a prova de que os Neandertais eram capazes de compreender as propriedades mecânicas do osso e sabiam como usá-lo para fazer ferramentas. Essas habilidades são geralmente atribuídas a nossa espécie, a Homo sapiens", disse Luc Doyon do Departamento de Antropologia da universidade, que participou das escavações.

Neandertais viveram na Europa e na Ásia ocidental no período do Paleolítico Médio, entre 250 mil a 28 mil anos atrás.

Durante grande parte do século 20, os peritos pré-históricos estavam relutantes em reconhecer a capacidade da espécie de incorporar e dominar as técnicas necessárias para trabalhar com materiais como o osso. No entanto, ao longo das últimas duas décadas, muitas pistas indicam o uso de materiais duros de animais pelos Neandertais.

"Nossa descoberta é um indicador adicional do trabalho com ossos feito pelos Neandertais e ajuda a colocar em questão a visão linear da evolução do comportamento humano", disse Doyon.

A ferramenta em questão foi descoberta em junho 2014 durante escavações no Grotte du Bison em Arcy-sur-Cure, na França.

Extremamente bem preservada, a ferramenta vem do fêmur esquerdo de uma rena adulta e sua idade é estimada entre 55 mil e 60 mil anos. Marcas observadas sobre ela permitiram traçar a sua história. A obtenção de ossos para a fabricação de ferramentas não foi a principal motivação para os Neandertais. Acima de tudo, eles caçavam para obter a rica energia fornecida pela carne.

Marcas sugerem a utilização do fragmento de osso esculpido para afiar as arestas de corte das ferramentas de pedra. Finalmente, lascas e um polimento significativo mostram a utilização do osso como um raspador.

"A presença desta ferramenta de osso em um contexto em que as de pedra são abundantes sugere uma escolha oportunista do fragmento e sua modificação intencional em uma ferramenta pelos Neandertais", disse Doyon. "Durante muito tempo se pensou que, antes dos Homo sapiens, outras espécies não possuíam a capacidade cognitiva para produzir este tipo de artefato. Esta descoberta reduz a diferença presumida entre as duas espécies e nos impede de dizer que um era tecnicamente superior à outra".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos