Marte parecerá maior em maio; planeta estará a menor distância em 11 anos

Do UOL, em São Paulo

  • ISRO/AFP

No próximo dia 30 de maio, Terra e Marte estarão na posição mais próxima já registrada nos últimos 11 anos. A menor distância registrada no século entre "planeta vermelho" e o nosso foi em agosto de 2003. Nesse dia, Marte ficará mais iluminado e poderá ser visto a olho nu.

No final do mês, a distância entre os dois planetas será de 75,3 milhões de quilômetros. O número pode parecer alto, mas essa distância pode chegar até 400 milhões de quilômetros. Em 2003, foi registrada a menor distância em 60 mil anos --quando a marca foi de 55,76 milhões de quilômetros.

O fenômeno acontece quando a Terra forma um alinhamento quase perfeito com o Sol e Marte, num fenômeno chamado de oposição afélica. "Por estar mais distante do Sol, a órbita de Marte é maior que a da Terra. O tempo que Marte gasta para dar uma volta em torno da estrela é de aproximadamente dois anos terrestres", afirma Renato Las Casas, coordenador do grupo de astronomia da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Esse alinhamento acontece a cada 26 meses, mas como as circunferências da Terra e de Marte não são perfeitas a distância entre os dois planetas no momento do alinhamento nem sempre é a mesma.

O fenômeno irá acontecer novamente em julho de 2018 com uma aproximação ainda menor que a deste ano: 57, 6 milhões de quilômetros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos