Macacos também riem: estudo indica que sorriso existe há 30 milhões de anos

Do UOL, em São Paulo

  • Kyoto University Primate Research Institute

    Sorriso involuntário deu início a estudo sobre a origem das risadas

    Sorriso involuntário deu início a estudo sobre a origem das risadas

A capacidade de sorrir não é algo único e especial dos seres humanos. Um estudo realizado na Universidade de Kyoto, no Japão, e publicado pela revista Science aponta que a risada é uma característica comum a todos os primatas. E mais: seria algo encontrado há pelo menos 30 milhões de anos.

O estudo toma como base os chamados "sorrisos involuntários" --expressões faciais que ocorrem quando bebês estão cochilando. Primeiro, eles perceberam, há cerca de dez anos, que bebês chimpanzés produzem estes sorrisos, assim como os humanos. Mas a surpresa veio quando esta capacidade foi vista em outros primatas.

Principal responsável pela pesquisa, Fumito Kawakami flagrou macacos-japoneses sorrindo enquanto recebiam exames de rotina. Como essa espécie é bem mais distante do homem que o chimpanzé, a novidade foi grande.

No total, os pesquisadores observaram 58 sorrisos espontâneos de sete macacos-japoneses diferentes --todos sorriram ao menos uma vez.

Assim, os cientistas acreditaram que o sorriso existe há pelo menos 30 milhões de anos, quando macacos do Velho Mundo e nossos ancestrais diretos seguiram caminhos diferentes na evolução.

A grande diferença para humanos é que os sorrisos deles são muito mais curtos. Comparados a humanos, parecem espasmos curtos

Kawakami

Alguns pesquisadores argumentam que os sorrisos espontâneos existem para aumentar a comunicação entre pais e filhos, mas o estudo indica que estes movimentos faciais servem para facilitar o desenvolvimento de músculos da face.

Porém não há certeza de que os sorrisos são algo apenas de primatas e macacos.

"Hás casos relatados de ratos rindo quando recebem cócegas e de cachorros demonstrando prazer pelo rosto. Pode ser que muitos bebês mamíferos apresentem sorrisos espontâneos, o que poderia ser uma origem evolucionária ainda mais velha. Quem sabe?", diz Kawakami, com um sorriso no rosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos