Meteorito misterioso seria de lugar mais distante a já ter caído na Terra

Do UOL, em São Paulo

  • Nasa

    Meteorito encontrado no Canadá em 2000 pode ter vindo do Sistema Solar Exterior

    Meteorito encontrado no Canadá em 2000 pode ter vindo do Sistema Solar Exterior

O mistério de um meteorito que caiu na Terra há 16 anos está perto de ser finalmente revelado. Segundo um estudo publicado no The Astronomical Journal, o objeto que colidiu com a superfície terrestre no Canadá pertence ao Sistema Solar exterior (área que compreende os planetas Júpiter, Saturno, Urano e Netuno).

Esta é a primeira confirmação de que um artefato desta área atingiu a Terra. O mistério pode ser resolvido de vez com uma missão da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) que acontecerá nos próximos anos. Os norte-americanos aprovaram uma visita da espaçonave New Horizons, conhecida por fazer imagens espetaculares de Plutão, ao cinturão de Kuiper e pode dar mais pistas sobre a origem do estranho meteorito. 

O meteorito foi achado no lago Tagish, em 2000. Apesar da bola de fogo ter vaporizado grande parte da pedra, que tinha o tamanho de um carro, os cientistas conseguiram coletar detritos suficientes para estudá-lo. Agora, após 16 anos, acreditam que ele veio do cinturão de Kuiper, área que se estende a partir da órbita de Netuno e vai até a periferia do Sistema Solar e que contém milhares de pequenos corpos --entre eles, Plutão e outros planetas-anões.

Já na época da queda, uma equipe do Southwest Research Institute, localizado no Colorado (Estados Unidos), percebeu que o objeto poderia ser a mais antiga peça do Sistema Solar já achada por humanos, com composição bem parecida com a do Sol. 

Cientistas acham que há um nono inquilino no Sistema Solar

  •  

A teoria do instituto revelada nesta semana é de que este meteorito foi envolvido em uma grande briga de planetas há quatro bilhões de anos - simulações do Sistema Solar sugerem que havia um quinto planeta na área dos planetas gigantes que foi repelido pelos outros.

A hipótese do instituto ganha força graças a uma pesquisa recente que aponta que o meteorito que caiu no Canadá é de uma classe de asteroides bastante diferente de outros achados no cinturão de asteroides e similar a objetos encontrados nas proximidades de gigantes gasosos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos