Estudar após viver uma experiência marcante ajuda na memorização

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Fazer uma pausa nos estudos para jogar videogame ou andava de montanha-russa pode não ser uma má ideia. Cientistas afirmam que experiências marcantes podem ajudar a memorizar eventos que aconteceram antes ou depois delas.

O estudo, publicado na revista Nature, sugere que acontecimentos suficientemente interessantes podem desencadear a liberação de dopamina no lócus coeruleus (LC) -- região cerebral com funções que afetam as emoções, os níveis de ansiedade, os padrões de sono, a memória e outros aspectos do comportamento.

A dopamina ajuda a fixar as experiências que aconteceram um pouco antes ou logo após o fato marcante, independentemente de qualquer ligação entre as situações. O truque da memorização é encontrar algo realmente interessante.

A pesquisa explica por que as pessoas tendem a se lembrar de certos acontecimentos em suas vidas com particular clareza e com detalhes não relacionados aos eventos --por exemplo, o que estavam fazendo horas antes dos ataques terroristas em 11 de setembro de 2001 ou onde estavam quando receberam a notícia da morte de uma personalidade.

Segundo os especialistas, isso não acontece apenas durante eventos de nível mundial. Qualquer coisa que prenda a atenção de forma persistente aciona o neurotransmissor.

A dopamina poderia ser liberada quando um estudante faz uma pausa rápida no estudo para joga videogame ou quando um executivo joga tênis logo após memorizar um grande discurso.

"A ativação do LC aumenta a nossa memória dos eventos que acontecem durante a ativação e pode também aumentar o recall dessas memórias em um momento posterior," disse o Robert Greene, co-autor do estudo e médico do Southwestern Medical Center, nos EUA.

A pesquisa sugere também que drogas capazes de atingir os neurônios da região afetariam a aprendizagem e a memória.

O estudo testou 120 ratos para estabelecer essa relação entre dopamina nos neurônios do LC e os circuitos neuronais do hipocampo (responsável pela gravação de memórias). Segundo os pesquisadores, os roedores que vivenciavam uma experiência nova conseguiam achar mais facilmente alimentos em um espaço delimitado.

Novos estudos serão feitos para investigar o impacto que a forma de aprendizagem tem na memorização, o que ajudaria a compreender melhor as dificuldades de pacientes com problemas de memória.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos