Criador da Nutella vira nome de asteroide

Da Ansa

  • Divulgação

O criador da Nutella, Michele Ferrero, que morreu em fevereiro do ano passado, virou nome de asteroide.  

Em uma cerimônia na sede da Fundação Ferrero, situada em Alba, no norte da Itália, o Observatório de São Petersburgo entregou à viúva Maria Franca Fissolo o certificado que batiza o corpo celeste 8454 de "Micheleferrero".

Descoberto em 1981 por um astrônomo belga, o asteroide tem forma elíptica, diâmetro de 12 km e fica entre os planetas Marte e Júpiter. A ideia de nomeá-lo em homenagem ao criador da pasta de avelã mais famosa do mundo partiu do astrônomo Mario Di Martino e do jornalista Piero Bianucci, ambos italianos.  

Ferrero, que fundou um império que também inclui os chocolates Kinder e Ferrero Rocher e as balinhas Tic Tac, morreu em fevereiro de 2015, quando tinha 89 anos. Na época, ele era a pessoa mais rica da Itália, posto herdado por Maria Franca.  

A homenagem acontece no mesmo ano em que a Ferrero completa sete décadas de existência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos