Cientistas descobrem área do cérebro que tira dor no "efeito placebo"

Do UOL, em São Paulo

  • Ragesoss/Wikimedia Commons

Cientistas identificaram pela primeira vez a região do cérebro responsável pelo "efeito placebo" no alívio da dor. Essa sensação acontece quando os pacientes recebem um remédio e sentem que as dores estão melhorando, quando na verdade tomaram apenas pílulas de açúcar.

Em dois ensaios clínicos envolvendo 95 pacientes com dor crônica causada por osteoartrite (doença das articulações que resulta da degeneração da cartilagem e do osso), pesquisadores da Northwestern Medicine e do Instituto de Reabilitação de Chicago (RIC) identificaram que o efeito placebo acontece na parte frontal do cérebro, chamada de giro frontal médio, região que também tem papel importante nas emoções. 

Os primeiros resultados, da pesquisa divulgada pela PLOS Biology, sugerem que o efeito placebo é predeterminado pela biologia do cérebro, mas os pesquisadores ainda não sabem por que ele acontece.

Informação pode melhorar testes de remédios

A partir do grupo original de voluntários, os cientistas selecionaram aleatoriamente 39 pessoas para receber a pílula placebo. Foram feitas ressonâncias do cérebro desses voluntários. Nas imagens, os pesquisadores perceberam a região do cérebro com grande atividade por conta da pílula. 

Com isso, os pesquisadores acreditam que possam usar essa informação para excluir esses pacientes de ensaios clínicos e obter resultados mais exatos sobre a eficácia dos remédios testados.

A pesquisa ainda está no início. De acordo com os cientistas, é necessário um número muito maior de voluntários para confirmar a descoberta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos