Os astronautas que forem para Marte podem ficar malucos

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Parece que conhecer Marte pode não ser uma ideia tão boa assim. O isolamento, a radiação e outros perigos podem representar um grande risco para saúde mental e física de quem se aventurar na longa missão espacial, de acordo com um estudo feito pelas Academias Nacionais de Ciência, Engenharia e Medicina dos Estados Unidos.

As academias revisaram a pesquisa da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) sobre como ficar no espaço pode afetar a saúde de uma pessoa. Seu último relatório, divulgado pela New Scientist, analisa oito estudos recentes sobre os perigos de longas missões exploratórias, como a viagem ao planeta vermelho.

Duas das questões mais críticas são a exposição à radiação e os efeitos psicológicos do confinamento e isolamento

Carol Scott-Conner, da Universidade de Iowa, chefe do comitê que divulgou o relatório.

Os astronautas que viajam para lugares distante são obrigados a dividir um pequeno espaço com os companheiros de tripulação, por anos. Pense que já é difícil dividir o quarto com um irmão, imagine uma nave com vários colegas de trabalho.

Além disso, os astronautas ficam sem contato com amigos e familiares por longos períodos. Para piorar, eles também estarão trabalhando muito, com os padrões de sono sendo alterados e sem comunicação em tempo real com a Terra, o que afeta a saúde mental e física. É um teste de paciência e autocontrole.

O relatório apontou que é difícil prever e estudar como esses e outros desafios podem ser agravados se acontecerem ao mesmo tempo. "Parece que todos os riscos têm potencial de agir em conjunto", diz Scott-Conner.

Não deve ser fácil não ficar maluco com tamanha crise de saudade, falta de privacidade, sono e cansaço em um planeta nunca habitado antes. Será uma missão quase impossível.

A Nasa promete usar estudos genéticos para entender as necessidades de cada astronauta e com isso conseguir adaptar as viagens espaciais atendendo os pedidos dos indivíduos. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos