Dança

O que faz uma mulher ser boa dançarina? A ciência responde

Do UOL, em São Paulo

Você dança bem? Cientistas da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, investigaram quais movimentos fazem uma mulher ser considerada uma boa dançarina.

São eles movimentos extensos dos quadris, grandes movimentos assimétricos de coxas e movimentos assimétricos e moderados de braço. O estudo foi publicado nesta quinta-feira (9) na revista Scientific Reports, do grupo Nature.

Nick Neave e seus colegas acreditam que essas características têm um significado funcional. O balanço dos quadris, por exemplo, pode ser um traço que enfatiza a feminilidade, e a habilidade de mover os membros de forma independente pode atestar um controle motor bem desenvolvido.

A dança está presente em praticamente todas as culturas. Apesar de não servir como estratégia direta de sobrevivência, ela frequentemente é usada em contexto de namoro.

Daniela Vesco/Divulgação

Os pesquisadores fizeram modelos 3D com base na gravação dos movimentos de dança de 39 mulheres. Depois, fizeram com que 57 homens e 143 mulheres avaliassem a habilidade de dança dos 39 avatares. Os autores compararam as notas e relacionaram aos movimentos.

A dança é um dos campos estudados pelos pesquisadores interessados no significado evolutivo do comportamento humano e, pelo menos em parte, pode servir para atrair parceiros em potencial.

Nas mulheres, há algumas evidências que apontam para a relação entre dança e fertilidade. Outros estudos mostraram que as mulheres são consideradas mais atraentes durante o período fértil, por exemplo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos