Cientistas usam drone para ver momento da erupção de vulcão na Guatemala

Do UOL, em São Paulo

Cientistas das universidades de Cambridge e de Bristol, ambas da Inglaterra, utilizaram um drone para sobrevoar um vulcão ativo na Guatemala, o Vulcão do Fogo, com o intuito de entender melhor seu funcionamento.

O objetivo é, a partir deste conhecimento, prever quando se darão as novas erupções, garantindo assim a segurança de cerca de 60 mil pessoas que vivem próximas a ele.

Situado a 3.763 metros de altura e apenas 35 km da capital do país, Cidade da Guatemala, o Vulcão do Fogo está ativo, com erupções frequentes. Isso torna impossível a ida de pesquisadores ao seu cume.

Com o drone, porém, os cientistas puderam tirar fotografias digitais e infravermelhas do vulcão em erupção em tempo real, medindo a temperatura e a umidade das nuvens vulcânicas. As imagens captadas pelo drone mostraram um vulcão em plena erupção, algo inédito até então, de acordo com os pesquisadores. 

Posteriormente, eles ainda pretendem medir a composição dos gases e da lava expelida, bem como realizar simulações em 3D das mudanças ocorridas na estrutura do vulcão. 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos