Sorriu para ficar bem na foto? Isso te faz parecer mais velho, diz estudo

Do UOL, em São Paulo

  • IStock

    Sorrir faz com que uma pessoa pareça mais velha por causa das rugas que se formam ao redor dos olhos

    Sorrir faz com que uma pessoa pareça mais velha por causa das rugas que se formam ao redor dos olhos

Em tempos de redes sociais e de febre de 'selfies', é difícil não vermos uma foto em que as pessoas não posam sorrindo. Sorrir, afinal, nos deixa mais belos --e por que não?-- mais jovens. É nisso que acreditamos, não é mesmo? A Ciência, porém, discorda.

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Ben-Gurion do Neguev, de Israel, e publicado no Psychonomic Bulletin and Review no último dia 8 de maio, aponta que, ao contrário do que imaginávamos, sorrir nos deixa com uma aparência mais velha.

Para chegar a tal conclusão, foram apresentadas a estudantes da universidade 40 imagens --com rostos sorridentes, apresentando surpresa ou com feições inexpressivas.

Reprodução/Psychonomic Bulletin & Review
Um sorriso pode fazer com que a pessoa parece mais velha; já a expressão de surpresa "rejuvenesce" o indivíduo
Os participantes classificaram as pessoas que estavam sorrindo como sendo as mais velhas. Já aquelas que apareciam surpresas nas fotos foram apontadas como as mais jovens pelos estudantes.

O padrão de respostas apresentado pelos estudantes, para os pesquisadores, se dá pela seguinte motivo: o sorriso faz com que uma pessoa pareça mais velha por causa das rugas que se formam ao redor dos olhos.

Já a expressão de surpresa acaba fazendo com a que a pele do rosto seja "puxada" para trás, "esticando" potenciais rugas relacionadas à idade.

Não deixa mais jovem, mas pode ajudar a diminuir a depressão

Se não for para ficar mais bonito, vale a pena continuar sorrindo como técnica de combate à depressão, é o que mostra outro estudo, publicado em abril de 2015 no Journal of Korean Academy of Nursing, mostra como a terapia do riso pode ajudar a mulheres de meia-idade que têm depressão.

Isso se dá, de acordo com a pesquisa, por causa da ativação da serotonina, um dos "hormônios da felicidade".

A pesquisa foi feita com 64 mulheres de meia-idade, que participaram de sessões de terapia do riso --cujas atividades envolviam sorrir, dançar, gargalhar, dar aplausos misturados a risadas, dar risadas em frente ao espelho, entre outras coisas-- em dez oportunidades, em um período de duas semanas.

Getty Images/iStockphoto
Terapia do riso dá resultados contra a depressão

Em todos os grupos, foi observado uma diminuição da depressão já após a quinta terapia, sendo que a maior queda se deu entre aqueles com depressão grave.

Para os pesquisadores, a terapia do riso não afeta diretamente a depressão, mas seu impacto na mitigação de seus efeitos pôde ser avaliado pelo aumento do nível de serotonina nestas pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos