Clique Ciência: Qual a distância máxima que o olho é capaz de enxergar?

Aretha Yarak

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Shutterstock

A habilidade visual do olho humano depende de uma série de fatores, como tamanho do objeto que está sendo observado, saúde dos olhos e luminosidade.

A distância máxima que conseguimos enxergar não é um consenso entre  cientistas. Há quem defenda que, na prática, nossa capacidade é perdida depois de cerca de cinco quilômetros de distância, por causa da curvatura da Terra. Ou seja, qualquer coisa depois disso estaria abaixo do horizonte – e fora do nosso campo de visão.

Outros vão mais longe. Se descartarmos interferências da luz, obstruções (árvores, por exemplo) e considerarmos uma linha reta sem o horizonte, poderíamos ver para mais de 50 quilômetros.

Renata Mello/Folhapress

Olhando as estrelas

Para tentar encontrar uma resposta mais segura, os pesquisadores Kevin Krisciunas e Don Carona, da Universidade do Texas, bolaram um experimento.

A pesquisa foi inspirada na maneira como os humanos observam as estrelas. Eles compararam, então, a intensidade do brilho de estrelas bastante e pouco visíveis à chama de uma vela. A ideia era fazer um paralelo prático para tentar estimar qual a distância máxima em que o olho humano detectaria o brilho da chama acesa. O resultado foi de 2,76 quilômetros. Embora o achado dos americanos contrarie a teoria dos cinco quilômetros, ele está longe de ser conclusivo.

Meno A Kwena Safari Camp

Um estudo realizado em 2014 encontrou evidências de que o olho humano, em determinadas condições, seria capaz de ver fótons infravermelhos, que possuem comprimentos de onda com alcance de trilhões de metros.

Na prática, isso significa que, possivelmente, nossa capacidade visual pode ir muito além dos 2,76 km ou dos 5 km defendidos pelos teóricos. Isso porque, ao enxergar esses fótons, nós conseguiríamos detectar luz fora do nosso espectro de visão.

Enxergando com detalhes

No dia a dia, no entanto, o importante é saber até onde conseguimos enxergar com precisão. De acordo com a oftalmologista Caroline Pinheiro, um exame bastante comum para teste de acuidade visual é o Snellen. Nele, o paciente precisa identificar as posições da letra "e" em diferentes tamanhos.

"Normalmente, fazemos o exame a uma distância de seis metros", comenta. A menor letrinha que a pessoa sem problemas de visão consegue identificar, geralmente no padrão 20/20, tem o tamanho de 8,87 milímetros a seis metros de distância.

Algumas condições visuais reduzem a capacidade de enxergar objetos à distância com competência. Caso da miopia, um erro de refração que desfoca a imagem, dificultando a identificação de objetos que estão longe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos