Macacos são atraídos por publicidade com imagens de sexo, indica pesquisa

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/theconversation

Os homens não são os únicos atraídos pelas publicidades baseadas em sexo e status social. Segundo um estudo publicado na revista científica "Plos One", essas preferências também prevalecem entre os macacos. Seria apenas uma coincidência?

Provavelmente não. Pesquisadores norte-americanos afirmam que a semelhança levanta a hipótese de que a nossa susceptibilidade a esses fatores na publicidade sejam reflexos de mecanismos biológicos herdados de nossos ancestrais. 

Para chegar a essa conclusão, foram realizados testes com macacas mulattas --espécie também conhecida como macaco Rhesus. Os primatas (machos e fêmeas) foram treinados a usar uma tela sensível ao toque. 

Divulgação

Na sequência, os pesquisadores criaram "campanhas publicitárias" que combinavam o logotipo de diferentes marcas (Acura, Pizza Hut, Adidas, Domino's Pizza, Nike e Citroen) com algumas imagens. Resultado: os macacos, mesmo sem motivação externa, escolheram repetidamente as marcas que foram associadas às imagens das genitais de uma fêmea e dos rostos de machos dominantes, mas não para marca que foram associadas ao rosto de machos subordinados. 

"Portanto, é provável que haja um forte impulso biológico por trás das respostas comportamentais dos homens provocadas por apelos ao sexo e ao status, que podem ser amplificados ou silenciados pela experiência social", destacou o estudo, que envolveu pesquisadores de quatro instituições americanas [Universidade de Stanford, Universidade de Colorado, Universidade da ensilvânia e Universidade de Duke]. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos