Topo

Descoberto "Dragão de Lingwu", megadinossauro que viveu na China jurássica

"Nature"
Artista desenhou a possível aparência do dragão de Lingwu Imagem: "Nature"

Do UOL, em São Paulo

2018-07-24T12:00:00

24/07/2018 12h00

Paleontólogos chineses descobriram a mais antiga espécie de dinossauro do tipo neossaurópode, a versão mais recente do bicho conhecido pelo pescoço alongado e pelo tamanho: pode chegar a 25 metros de comprimento --aproximadamente um prédio de oito andares.

Uma das maiores espécies que já pisaram sobre a Terra, inclui o gênero diplodoco, justamente o que foi descoberto na China e que ganhou o nome de “Dragão de Lingwu”, em referência à região em que foi encontrado.

Leia também:

O paleontólogo Xing Xu e sua equipe escavaram esqueletos parciais dessa nova espécie. Foram chamados de Lingwulong shenqi (literalmente, Dragão Lingwu). Os fósseis datam de cerca de 174 milhões de anos, virando o mais antigo neossaurópode (a versão mais recente dos saurópodes) já descoberto.

O achado, publicado pela revista especializada “Nature Communications”, explica que os diplodocos estavam bem distribuídos pelo então supercontinente Pangea. Mas os cientistas acreditavam que os neossaurópodes não haviam chegado ao leste da Ásia em razão do colapso da Pangeia.

Nature
Pesquisadores medem um dos ossos do dragão de Lingwu Imagem: Nature
A descoberta em terras chinesas desafia o que se sabia até hoje sobre a origem e dispersão desses animais. Análises evolutivas e biogeográficas sugerem agora que os neossauropodes já estavam disseminados no Jurássico Médio (cerca de 174 a 163 milhões de anos atrás), em vez de se tornarem dominantes apenas na transição para o Jurássico Superior (163 a 145 milhões de anos atrás).

Além disso, os paleontólogos acreditam que os principais grupos saurópodes podem ter sua origem datada no início do período Jurássico --de 201,3 milhões de anos a 155 milhões de anos).

Mais Ciência e Saúde