Nasa resolve problema de vazamento de água em capacete de astronauta

Irene Klotz

Em Cabo Canaveral, nos EUA

  • Reuters

A água que vazou no capacete de um astronauta depois de uma caminhada espacial na quarta-feira (25) não representa uma ameaça, o que permitirá que eles continuem a preparação da plataforma da Estação Espacial Internacional para o acoplamento de novas espaçonaves, afirmou a Nasa nesta sexta-feira (27).

O engenheiro de voo Terry Virts voltou à câmara da EEI na quarta-feira depois de uma caminhada espacial bem-sucedida quando ele notou uma pequena quantidade de água em seu capacete.

Outro astronauta quase se afogou durante uma caminhada espacial em julho de 2013 devido a um vazamento no capacete. Essa caminhada foi apressadamente abortada e a Nasa suspendeu os passeios espaciais enquanto os engenheiros tentavam descobrir a causa.

Virts, que estava fazendo sua segunda caminhada espacial em uma semana, nunca esteve em perigo, segundo a Nasa. Os engenheiros acreditam que cerca de 15 mililitros de água condensada infiltraram no capacete de Virts quando a câmara foi repressurizada.

"Isso não acontece sempre. Muitas vezes, depende de quão frio está o traje espacial do tripulante", disse Alex Kaneloakos, oficial-líder da caminhada espacial, durante uma entrevista à Nasa TV nesta sexta-feira.

Virts e seu colega de caminhada espacial Barry "Butch" Wilmore, o comandante da estação, tem uma saída programada para domingo para preparar vagas de estacionamento para táxis espaciais comerciais em desenvolvimento pela Boeing e a SpaceX.

Os astronautas planejam instalar um sistema de comunicação que os veículos que visitam a EEI irão utilizar para navegar até a estação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos