Retratos de Michelangelo idoso indicam que suas mãos tinham artrite

Sindya N. Bhanoo

  • Reprodução

    Detalhe do afresco Juízo Final, feito por Michelangelo na Capela Sistina

    Detalhe do afresco Juízo Final, feito por Michelangelo na Capela Sistina

Michelangelo provavelmente tinha osteoartrite, mas a dedicação à arte pode ter mantido suas mãos funcionais até a morte, em 1564. Essas são as conclusões tiradas por médicos que estudaram três retratos do gênio com idade entre os 60 e os 65 anos, feitos por outros artistas.

As pinturas mostram que as juntas pequenas da mão esquerda foram afetadas por mudanças degenerativas não inflamatórias, ainda que retratos anteriores não demonstrem tal deformidade.

"O trabalho intenso e contínuo pode ter ajudado Michelangelo a manter o uso das mãos pelo tempo que fosse possível", declarou Davide Lazzeri, especialista em plástica reconstrutiva e cirurgia estética da Clínica Villa Salaria, em Roma, e um dos autores do estudo publicado em "Journal of the Royal Society of Medicine".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos