Quem tira foto não presta atenção no momento? Estudo indica que não é bem isso

Steph Yin

  • Marco Antônio Teixeira/UOL

Um estudo publicado este mês na "Psychological Science" descobriu que tirar fotos durante uma experiência ajuda as pessoas a se lembrar dos detalhes visuais com mais precisão, mesmo quando elas não olham novamente para as fotos. No entanto, fotografar também parece diminuir a quantidade de informação falada que a pessoa retém.

Os pesquisadores pediram aos participantes para andar por uma exibição em um museu enquanto ouviam um guia de áudio e tirar fotos livremente ou deixar seus celulares e câmeras do lado de fora.

Depois, quando fizeram um teste de memória, aqueles que tiraram fotos se lembravam melhor dos objetos que viram, mas tinham menos capacidade de recordar de fatos descritos no guia de áudio do que aqueles que não tiraram fotos. "Focar no visual tira a atenção de outros sentidos, como a audição", explicou Alix Barasch, uma das autoras e professora assistente da Escola de Negócios Stern da Universidade de Nova York.

Em pesquisas relacionadas, os participantes visitaram galerias de arte virtuais com a opção de tirar instantâneos das telas. Os estudiosos descobriram ganhos parecidos em memória quando pediram aos participantes para tirar os instantâneos e compararam com quem apenas formou imagens mentais.

"As descobertas sugerem que o processo de procurar o que fotografar na verdade faz com que a pessoa codifique o conteúdo visual e se lembre dele", afirma Barasch.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos