PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Alves


Brasileiros vão ao topo do Twitter com memes de amizade com o Irã

Brasileiros vão ao Twitter louvar amizade com o Irã - Reprodução do Twitter
Brasileiros vão ao Twitter louvar amizade com o Irã Imagem: Reprodução do Twitter
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

07/01/2020 12h36

Milhares de brasileiros foram ao Twitter na manhã de hoje para postar memes e mensagens em que exaltam a amizade entre Brasil e Irã e se desculpam pelas declarações do presidente Jair Bolsonaro de alinhamento ao governo americano. Há quatro dias, um ataque militar dos Estados Unidos matou no Iraque o general Qasem Soleimani. Além de chegar ao topo dos assuntos mais comentados da rede social no Brasil, as manifestações feitas na hashtag #IranBrazil causaram reações de internautas de vários países.

Há postagens de vários tipos. Uma das ilustrações mostra dois ursos que representam Brasil e Irã se abraçando, abaixo da frase em inglês: "Essa imagem representa mais o Brasil que o Itamaraty". Abaixo, há um meme com o vídeo de uma mulher que faz com as mãos o símbolo de coração, acompanhado da mensagem em inglês: "Querido povo do Irã, saiba que nós o amamos. Sinceramente, povo brasileiro"

Há um tuíte em que uma foto representa a relação Brasil x Irã em caso de estourar a 3ª Guerra Mundial: amigos em volta de uma mesa festejando com guaraná e o logotipo da série de TV "Friends". A tuiteira Ivy Caroline prevê em sua postagem que os livros de história vão publicar a seguinte versão: "Brasil impede a Terceira Guerra Mundial com memes".

Um outro internauta faz um agrado ao jornalista iraniano Pooya Jahandar, que mostrou na TV de seu país uma reportagem simpática sobre os memes feitos por brasileiros depois do ataque dos Estados Unidos ao general do Irã e se disse encantado com o humor feito aqui. "Não se preocupem, o Irã só tem problemas com os Estados Unidos (...) Vou ao Brasil para o Carnaval", escreveu.

O tuiteiro brasileiro Matheus repostou a mensagem e se manifestou: " Obrigado meu amigo, venha que nós vamos te receber muito bem, tem cerveja gelada, churrasco na brasa e se vm (sic) se juntar pra falar mal do Trump, só se achegar meu consagrado".

Em várias mensagem humoradas, internautas dizem que a fala de Bolsonaro não representa o sentimento do Brasil pelo Irã. Alguns poucos tuítes chamam os criadores da hashtag de esquerdopatas e lembram as violações dos direitos humanos cometidos pelo governo iraniano.

Chico Alves