PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Alves


Acusado de atentado a Porta dos Fundos comemora em vídeo decisão da Justiça

Eduardo Fauzi comemora suspensão do especial do Porta dos Fundos - Reprodução do Vimeo
Eduardo Fauzi comemora suspensão do especial do Porta dos Fundos Imagem: Reprodução do Vimeo
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

09/01/2020 12h10

Eduardo Fauzi, autodeclarado ativista do integralismo acusado de lançar coquetel molotov contra a produtora Porta dos Fundos, publicou nesta manhã um vídeo na plataforma Vimeo para comemorar a decisão da Justiça do Rio que suspende a exibição do especial de Natal do grupo. Ele fugiu do Brasil para a Rússia depois que foi identificado pela Polícia Civil. Fauzi diz estar tremendo de frio, de satisfação e de alegria por causa da decisão do desembargador: "Essa vitória é a vitória de todo o povo brasileiro".

O vídeo foi gravado na rua (possivelmente em Moscou), à noite, enquanto o acusado do atentado ao grupo Porta dos Fundos caminhava. "O Brasil tem homem, o Brasil tem macho para defender igreja de Cristo e a pátria brasileira", diz ele. Depois, felicita o Centro Dom Bosco, instituição responsável pela ação que levou à suspensão da exibição do programa.

Em seu novo canal de vídeo, o militante foragido se intitula como Herói Brasileiro. Termina a gravação dizendo que está "feliz, muito feliz" e faz a saudação "Anauê", característica dos integralistas, grupo fascista que adaptou para o Brasil as ideias de Benito Mussolini. O governo brasileiro deu início ao processo em que pede a extradição do acusado.

Chico Alves