PUBLICIDADE
Topo

"Meti a mão no fogo por Regina e ela não quis ouvir", diz Maitê sobre vídeo

Maitê Proença - Divulgação
Maitê Proença Imagem: Divulgação
Constança Rezende

É colunista do UOL em Brasília. Passou pelas redações do Estadão no Rio de Janeiro, O DIA e Jornal do Commercio.

Colunista do UOL

07/05/2020 20h22

A atriz Maitê Proença disse que "meteu a mão no fogo" por Regina Duarte, mas que a secretária especial de cultura não quis ouvi-la.

A declaração foi dada após Regina brigar com jornalistas da CNN Brasil quando a emissora mostrou um vídeo de Maitê cobrando a "falta de ação" do governo de Jair Bolsonaro e da ex-colega.

"Ela é nossa embaixadora com o presidente. Ela tem que explicar para ele o que é arte porque ele não sabe. Ele usa como discurso o mal-entendido sobre a Lei Rouanet, que as pessoas não entendem que são as empresas que financiam, não o governo", disse Maitê, durante uma transmissão ao vivo em seu instagram.

A atriz também contou que se decepcionou com a reação da colega.

"Achei realmente que, como tenho diálogo com ela, como gosto dela, a defendi para todas as pessoas, meti minha mão no fogo, me comprometi a ponto das pessoas acharem que o meu voto tinha ido para o mesmo lugar, ainda assim ela não quis ouvir", afirmou.

Maitê também fez críticas à gestão de Regina frente à pasta.

"Fiz um pedido da classe sobre o que ela já deveria ter feito. Ela não entrou ontem, ela entrou há dois meses, já era para ela ter um plano, um esboço, de dizer 'estou tentando, mas não estou conseguindo' , ela deveria ter um compromisso com a classe", afirmou.