PUBLICIDADE
Topo

Dados da economia pedem cautela, não euforia

Josias de Souza

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na "Folha de S.Paulo" (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro "A História Real" (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de "Os Papéis Secretos do Exército".

Colunista do UOL

14/01/2020 19h25

Ex-ministro da Fazenda e do Planejamento, o economista Mário Henrique Simonsen dizia que "o brasileiro só é otimista entre o Natal e o Carnaval." Vivo, ele se surpreenderia com o otimismo do governo e de setores do mercado em relação à recuperação da economia.

O Brasil ainda é um paciente em fase de convalescença. Recupera-se lentamente. No momento, o otimismo não é senão uma espécie de pessimismo em fase de diluição. Para chegar à euforia será preciso percorrer uma enorme distância. (veja o comentário acima)

Josias de Souza