PUBLICIDADE
Topo

Na Idade Mídia, as redes revolucionam a política

Josias de Souza

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na "Folha de S.Paulo" (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro "A História Real" (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de "Os Papéis Secretos do Exército".

Colunista do UOL

12/02/2020 00h44

Levantamento feito pela consultoria Quaest acomoda Jair Bolsonaro na terceira posição no ranking de chefes de Estado mais populares do mundo nas redes sociais, atrás apenas do indiano Narenda Modi e do americano Donald Trump.

O estudo é sintoma de uma revolução na forma de fazer política. Os eleitores já não se movem apenas pela predileção ideológica. Movimentam-se também conforme a preferência tecnológica.

A tela do celular passou a ser tão importante —ou até mais relevante— do que a televisão. Com as redes no smartphone, sumiu a fronteira que separava campanha de mandato. (veja o comentário acima)

Josias de Souza