PUBLICIDADE
Topo

Não convém dialogar com PMs que merecem prisão

Josias de Souza

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na "Folha de S.Paulo" (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro "A História Real" (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de "Os Papéis Secretos do Exército".

Colunista do UOL

24/02/2020 10h19

Sempre que lidam com policiais de armas na mão e capuz na cara, os governos precisam adotar um lema: jamais converse com um policial amotinado a não ser em legítima defesa, porque essa é a forma correta de lidar com bandidos. (veja comentário acima)

Os policiais sublevados do Ceará pedem diálogo ao governo do estado. Não se pode dialogar com quem merece interrogatório e prisão. Diante de policiais capazes de tudo, o governo se revelaria incapaz de todo se não providenciasse punições exemplares.

Josias de Souza