PUBLICIDADE
Topo

Josias de Souza

Lula insere casamento na coreografia da campanha presidencial: Amor X Ódio

Conteúdo exclusivo para assinantes
Josias de Souza

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na "Folha de S.Paulo" (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro "A História Real" (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de "Os Papéis Secretos do Exército".

Colunista do UOL

17/05/2022 09h38

É falsa a percepção de que Lula fez uma pausa em sua campanha eleitoral antecipada para se casar com Rosângela Silva, a Janja, nesta quarta-feira. Ao contrário, Lula parece decidido a demonstrar que o amor não é coisa para amadores. Ele inseriu suas núpcias no discurso e na coreografia da campanha.

O movimento vinha sendo insinuado há semanas. Tornou-se explícito no ato de lançamento da chapa Lula-Alckmin. Ao discursar, Lula declarou que "um cara que tem 76 anos e está apaixonado, que está querendo casar, só pode fazer o bem para esse país". Depois, despejou nas redes sociais mensagens do tipo "estou apaixonado e vou casar para mostrar minha confiança no futuro desse país."

Com essa retórica de conto de fadas, Lula usa o casamento para contrapor a atmosfera de amor em que está envolto ao discurso de ódio do adversário.

Simultaneamente, Lula toma precauções para evitar que a festa de casamento se transforme num fator de ostentação.

Teve o cuidado de mandar anotar no convite que os convidados devem se manter "longe dos celulares". Foi como se avisasse: "Filmagens não serão admitidas".

  • Assista ao UOL News e veja os comentários completos de Josias de Souza: