Raquel Landim

Raquel Landim

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Tarcísio diz que juro alto atrapalha e opta por não responder Lula

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, disse a pessoas próximas que os juros altos "obviamente" o atrapalham na administração do Estado de São Paulo, mas que não vai rebater o presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicamente.

Em entrevista à CBN, Lula criticou Tarcísio por ter feito um jantar em homenagem ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e disse que o governador deve achar a taxa de juros alta "maravilhosa".

Na visão de Tarcísio, no entanto, a queda dos juros tem que vir acompanhada de responsabilidade fiscal e não dá para "cortar os juros na marra, como aconteceu na época do governo Dilma", quando o ex-presidente do BC, Alexandre Tombini reduziu a Selic contrariando os fundamentos e as expectativas do mercado.

Nas conversas de bastidores, Tarcísio afirma que Lula está tentando desviar o foco da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que termina nesta quarta-feira (19) e deve interromper o ciclo de queda de juros, por conta da falta de credibilidade da política fiscal do governo.

O governador também discorda de que fez um movimento político equivocado ao promover o jantar para Campos Neto no Palácio dos Bandeirantes, deixando a credibilidade do presidente do BC em xeque. A aliados, Tarcísio segue sustentando que era apenas uma homenagem ao bom trabalho que ele vem exercendo a frente da autoridade monetária.

Campos Neto é amigo de Tarcísio e já foi flagrado em fotos com ele e outros ministros do governo Jair Bolsonaro. O governador paulista é hoje um dos principais nomes da oposição para se candidatar à presidência da República em 2026, já que Bolsonaro foi considerado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral. Campos Neto é cotado para ser um eventual ministro da Fazenda ou integrar a administração paulista depois de deixar o BC em dezembro.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deixe seu comentário

Só para assinantes