PUBLICIDADE
Topo

Grupo de advogados diz que denúncia contra Glenn é escalada autoritária

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa “O É da Coisa”, na BandNews FM. No UOL, Reinaldo trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Colunista do UOL

21/01/2020 18h12

O grupo Prerrogativas, que reúne alguns dos principais advogados criminalistas do país, reagiu com "indignação" à denúncia do Ministério Público Federal em Brasília contra o jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, e outras seis pessoas sob acusação de hackear telefones de autoridades ligadas às investigações da Lava Jato.

"Glenn Grenwald e a equipe do The Intercept Brasil protagonizaram um dos maiores furos jornalísticos da imprensa brasileira, ao divulgarem conteúdo de mensagens ilegais trocadas entre os agentes públicos responsáveis pela condução da Operação Lava Jato, dentre os quais e destacadamente, o Ministro Sergio Moro e o procurador da República Deltan Delagnol", diz em nota o grupo.

Na coluna da Mônica Bergamo, na Folha.

Reinaldo Azevedo