PUBLICIDADE
Topo

Doença estabilizada e falta de PM tiram 'lockdown' do horizonte de SP

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa “O É da Coisa”, na BandNews FM. No UOL, Reinaldo trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Colunista do UOL

19/05/2020 13h22

O governo do estado de São Paulo diz que não há "lockdown no horizonte" para a capital, medida que chegou a ser aventada pela prefeitura, no final de semana.

A adoção de medidas de restrição mais duras que as da quarentena não está nos planos por ora pelo seguinte: 1) O número de novas mortes e casos é alto, mas há estabilidade;

2) A adoção do megaferiado na cidade pode ajudar a reforçar essa situação;

3) A Polícia Militar diz que seria preciso aumentar o efetivo na cidade, talvez dobrar, a fim de que pudesse vigiar a adoção das medidas restritivas de circulação na cidade; (...)

Leia íntegra na Folha.

Reinaldo Azevedo