PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Pazuello ecoa teses de Bolsonaro reunião com ministros da saúde do Mercosul

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. No UOL, Reinaldo trata principalmente de política; envereda, quando necessário - e frequentemente é necessário -, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Colunista do UOL

03/12/2020 17h32

Em reunião virtual com outros ministros da Saúde dos países que formam o Mercosul, Eduardo Pazuello defendeu nesta quinta-feira (3) que a mudança de protocolo que passou a orientar o tratamento da Covid-19 "fez e faz a diferença" na evolução da doença no Brasil.

Em julho, o Ministério da Saúde mudou um protocolo e recomendou que pessoas com sintomas leves típicos da doença procurassem um médico, para diagnóstico precoce da Covid-19 —antes, a diretriz indicava a busca por ajuda profissional apenas em caso de sintomas mais graves.

Além disso, em maio, após determinação do presidente Jair Bolsonaro, a pasta divulgou um documento que ampliava a possibilidade de uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para pacientes com sintomas leves do novo coronavírus, além dos graves. O próprio texto, porém, reconhecia a falta de evidências suficientes de eficácia, e o termo de consentimento do paciente citava risco de agravamento da condição clínica. (...) Leia íntegra na Folha.