PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Gilmar vota contra liberação de igrejas na pandemia; julgamento é suspenso

07/04/2021 18h47

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), votou hoje para que templos religiosos permaneçam fechados temporariamente por determinação de prefeituras e governos estaduais como medida de enfrentamento à pandemia. Relator, ele foi o primeiro a votar, o julgamento deverá ser retomado amanhã (8).

Segundo Gilmar, a restrição aos locais não interfere na liberdade religiosa. No voto, fez reiteradas defesas às medidas de distanciamento social no combate à pandemia, com exemplos internacionais, e chamou postura contra de "negacionismo". (...) Leia íntegra no UOL.