PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Alvo de Bolsonaro, governadores e prefeitos já enfrentam CPIs em 11 Estados

13/04/2021 16h12

Gastos irregulares relacionados a ações de combate à pandemia já levaram ao afastamento de dois governadores: Wilson Witzel (PSC-RJ) e Carlos Moisés (PSL-SC). Levantamento feito pelo Estadão mostra que investigações na mesma linha pesam contra Antônio Denarium (PSL-RR) e Romeu Zema (Novo-MG), cujo governo virou alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito no mês passado.

Em comum às CPIs espalhadas pelo País estão denúncias de superfaturamento na compra de equipamentos hospitalares - especialmente respiradores e medicamentos -, gastos indevidos na montagem de hospitais de campanha ou até mesmo casos de fura-fila da vacinação, como ocorreu em Minas Gerais. (...) Leia íntegra no Estadão.