PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Procuradoria diz ao STF que mensagens da Lava Jato são inviáveis como prova

14/04/2021 13h29

Laudo da Polícia Federal reforçou os argumentos do Ministério Público Federal contra o inquérito aberto pelo presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Humberto Martins, para investigar integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato.

Com base na conclusão policial, a Procuradoria afirmou ser tecnicamente impossível atestar a integridade e a autenticidade das mensagens apreendidas com os responsáveis pelo ataque hacker contra procuradores da República e outras autoridades —e, portanto, inviável seu uso como prova, como defende Martins. (...) Leia íntegra na Folha.