PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Meta contra desmatamento deve ser alcançada 'pouco a pouco', afirma Mourão

15/04/2021 14h40

O vice-presidente Hamilton Mourão rebateu, nesta quinta-feira (15), as críticas sobre a meta de redução de queimadas e desmatamento ilegal na Amazônia, considerada pouco ambiciosa por ambientalistas, e disse que o objetivo deve ser alcançado "pouco a pouco".

"Crítica faz parte. Vamos lembrar o seguinte: qual é a nossa NDC [Contribuição Nacionalmente Determinada, meta de descarbonização assumida no Acordo de Paris] em relação a desmatamento ilegal? É chegar a 2030 com ele [desmatamento ilegal] zerado. Então temos que ir por etapas. Não adianta chegar e dizer 'ano que vem eu vou derrubar [o desmatamento] em 5.000 [km²] e 6.000'. Então, eu vou derrubando pouco a pouco. Até chegar 2030 com isso zerado. Se conseguir antes, ótimo", declarou Mourão. (...) Leia íntegra na Folha.