PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Covid: CRMs abrem 43 sindicâncias por prescrição de remédios sem eficácia

19/04/2021 17h08

Ao menos 43 sindicâncias foram abertas por conselhos regionais de medicina do País para investigar médicos suspeitos de cometer infrações éticas ao prescrever ou divulgar o suposto tratamento precoce contra a covid ou outras terapias que já se mostraram ineficazes contra a doença.

Defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro, drogas como a hidroxicloroquina e a ivermectina seguem sendo prescritas mesmo após estudos clínicos apontarem que elas não funcionam para a covid e autoridades de saúde como a Organização Mundial da Saúde (OMS) desaconselharem seu uso. (...) Leia íntegra no Estadão.