PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Vacina: gestor público pode ser punido se atrasar 2ª dose, diz Lewandowski

03/05/2021 17h39

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta segunda-feira (3) em decisão que gestores públicos podem ser punidos por improbidade administrativa se houver atraso na aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Lewandowski fez a afirmação ao suspender a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que autorizou o governo do estado a mudar a ordem de vacinação de grupos prioritários. (...) Leia íntegra no G1.