PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Na CPI, Queiroga não diz se concorda com a defesa de Bolsonaro à cloroquina

06/05/2021 12h37

Pressionado pelo relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, defendeu a vacinação da população contra a covid-19 e evitou dizer se concorda com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quanto ao uso da cloroquina, medicamento ainda sem eficácia comprovada para o tratamento da doença.

"O senhor compartilha ou não das opiniões do presidente? É uma pergunta objetiva. O senhor pode dizer sim ou não", questionou Renan, após resistência de Queiroga. (...) Leia íntegra no UOL.